Terça-feira, 19 de Setembro de 2006

...

Ki-Zerbo e Leo.jpg
2003 - Roma/Vaticano (Praça de S. Pedro) - Joseph Ki-zerbo e Leopoldo Amado


Bem-vindo ao LAMPARAM, espaço guineense de permuta de ideias, reflexões, análises e comentários. LAMPARAM – nome escolhido propositadamente para este espaço, justifica-se por verosimilhança – , pois é a palavra ou a expressão por que se designa no crioulo da Guiné-Bissau um engenho tradicional de propulsão normalmente utilizado nas plantações e nas bolanhas da Guiné-Bissau para afugentar a acção predatória das aves sobre as culturas.

Assim, você, nós e outros (guineenses e amigos de África e da Guiné-Bissau), somos todos bem-vindos ao LAMPARAM para dele nos servirmos e, desta forma, realizarmos livre e civilizadamente a propulsão do nosso "ethós", individual ou colectivamente, independentemente das diferenças de opinião ou de pontos de vista, conquanto possamos afugentar a intolerância e forjarmos, pela via do diálogo e da confrontação de ideais, a tão almejada quanto necessária união na diversidade.

Seja qual for o plano em que formos interpelados para apreciar a desunião que nos é peculiar, somos forçados a concluir energicamente pela afirmativa - o nosso dever e a nossa determinação incondicionável em alguma coisa fazer em prol da guineidade e da coesão social na Guiné-Bissau.

Julho 2005
publicado por jambros às 16:55
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Marisa Tavares a 8 de Fevereiro de 2010 às 02:30
Chamo-me Marisa Tavares e eu vivo em Toronto, ON Canadá.

O meu pai morreu quando tinha só 6 anos de idade. Eu não sei muito sobre ele.

Ele morreu em 1986 de Cancro.

Recentemente achei uma caixa de lembrancas do meu pai com informações do seu tempo no Militar Português de 1967-1969, serviu seu tempo em Catio Guiné, áfrica.

Eu recentemente descobri que durante seu tempo em Catio ele criou um menino bebê com um das mulheres locais duranto os anos 1967-1969.

Éle a meu irmão e eu tenho estado procurando-o temporariamente.

Meu irmão mais velho (também nascido em Canadá) tem estado procurando nosso irmão perdido a mais de 15 anos.

Agradece à tecnologia e a Internet no mês passado eu descobrir mais informações sobre seu tempo no exército.

As informações que nós sabemos que estava em Catio, entre 1967-1969. O meu pai chamava-se Julio Marques Tavares mas melhor foi sabido pelo apelido “Madragoa”.

A minha avó (a mãe do meu pai) estava consciente desta criança e até a que sua morte (também em 1986) enviaria dinheiro a mãe do bebê ajudar seu aumento seu primeiro neto.

Embaixo está informações que eu reuni de outros companheiros eu estive achar em minha missão achar meu irmão meio perdido.



A minha mãe lembra-se que o filho do meu pai foi ficou com o nome Madragoa.



Conta-me que a mãe do pai (a minha avó) enviava dinheiro à mãe do bebê durante muitos anos.



Infelizmente não partiu qualquer registos para nós achar.



Espero que esta informações é úteis em alguma maneira?



Não conheco o meu irmão mas eu o amo.



Se éle ainda esta na Africa e necessita ajuda, eu quero ajudá-lo.



Se éle esta em outro lugar e vivendo bem, quero conhecer-lo.



Se é pai e eu tenho sobrinhas ou sobrinhos, quero encontrá-los.



A minha família está pronta para convidá-los em aos nossos corações com braços abertos.



Estamos a procura de informacao para encountrar iste meu irmao. Se podem ajudar en cualquer maneira agradeco muinto.



Marisa Tavares

++++++

Informacao de outros soldados que lembrao do mey pai.



Querida Marisa, meu caro Luis Graça:



Vamos ver o que consigo dizer sobre as fotografias que a Marisa, filha do Júlio Tavares nos presenteou.

Vê por favor o que consegues aproveitar, não estou certo de ter escolhido a melhor forma de as comentar.



Antes e para começar, um pouco e história:

O Júlio Marques Tavares era Soldado Condutor Auto nº 06255566 da CCS do BART1913, que embarcou a 26 de Abril de 1967 no NM UIGE, tendo chegado à Guiné na manhã de 1 de Maio.

Desembarcados directamente do Uige para barcaças de transporte, seguimos até Bolama onde pernoitámos aguardando a maré, prosseguindo ao alvorecer o nosso destino para sul até Catió na região do Tombali, onde chegámos às 15H00 do dia 2 de Março, (este trajecto foi feito sem qualquer escolta e a única arma a bordo era uma pistola 6.75 do Cap. Botelho). Aqui ficámos até 17 de Fevereiro de 1969, data em que embarcados no cais do porto exterior de Catió no rio Cagopere a bordo da LDG 101 – Alfange, regressaram a Bissau.

Aqui, o BArt reagrupou com as restantes companhias e terminaríamos a comissão embarcando novamente no Uige na tarde de 2 de Março, levantando ferro com destino a Lisboa às 00H00 do dia 3 e onde chegamos a 9 do mesmo mês pela manhã, seguindo de comboio para V.N. de Gaia (RAP2), onde se chegou a princípio da tarde.

Depois de entrega do espólio, todos recebemos um passaporte de licença por 21 dias e uma requisição de transporte para o tão desejado regresso a casa.

Passámos à disponibilidade em 1 de Abril de 1969.

Dos registos na História do Batalhão consta que o Júlio Tavares foi louvado pelo comandante do batalhão em 25 de Novembro de 1968.



A resposta que esperava do camarada Fernado Graça, a quem pedi para falar sobre o Júlio, acabou por chegar só hoje, ao que parece andou perdida pela rede pois o endereço antes usado estava incorrecto e voltava à caixa dele.

Aqui fica então o que o Fernando, há distância de mais de quarenta anos, consegue recordar sobre o Júlio:



Caro amigo Vítor Condeço,



A razão desta mensagem é para falar sobre o soldado condutor auto Júlio Tavares que fez parte da CCS do BART19


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. ...

. Tajudeen Abdul-Raheem pos...

. PAIGC: uma história de co...

. A última Imagem da Guiné:...

. Amílcar Cabral, na pele d...

. Sobre "A Hora da Verdade"...

. Olhares de fora - A mudan...

. As próximas décadas - Ten...

. Bissau

. ...

.arquivos

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds